novembro 24, 2008

Debate: Michel Foucault e Noam Chomsky

Posted in Artigos com introdução, Vídeos filosofia às 10:01 pm por espacointuicao

Abaixo inseri um link de um debate, onde discute-se a natureza do Poder: Michel Foucault(1926-1984) e Noam Chomsky são os protagonistas. Após lerem o texto, assistam ao vídeo com parte do debate, o link encontra-se abaixo.
Michel Foucault(1926-1984) eminente filósofo e psicólogo, atreveu-se a estudar e desnudar a face do poder. Seguiu a corrente estruturalista de Levy-Strauss, adentrou-se na psiquiatria e na linguagem para tentar entender a natureza humana.

Noam Chomsky, é linguísta e professor no MIT(Massachuts Institute of technology). Ao mesmo tempo é interessado no estudo das instituições governamentais e na burocracia estatal.

Prestem atenção à exposição de Foucault sobre a dinâmica e a natureza do Poder. Para FOUCAULT, o Poder parece não ter uma forma específica, não existe enquanto algo real; todavia, emana de um conjunto de práticas e relações entre os seres viventes. O poder não está, somente no aparelho repressor do Estado, ou ainda, no aparelho jurídico. Mas, encontra-se disseminado no meio social em uma “multiplicidade de forças”, cuja a finalidade é buscar a obediência do outro, é subjulgar, levar o homem a docilidade, para que se torne útil.

Por outro lado, Noam Chomsky centraliza a sua argumentação na natureza do poder oriundos das instituições sociais: o Estado, como centralizador do Poder, por exemplo.

Abaixo, transcrevi um trecho que considero alusivo ao tema debatido, excerto extraído do livro: “Microfísica do Poder” de Michel Foucault.

(…) Ora a noção de repressão é totalmente inadequada para dar conta do que existe justamente de produtor no poder. Quando se define os efeitos do poder pela repressão, tem-se uma concepção puramente jurídica deste mesmo poder; identifica-se poder a uma lei que diz não. O fundamental seria a força da proibição. Ora, creio ser esta uma noção negativa, estreita e esquelética do poder que curiosamente todo mundo aceitou. Se o poder fosse somente repressivo, se não fizesse outra coisa a não ser dizer não você acredita que seria obedecido? O que faz com que o poder se mantenha e que seja aceito é simplesmente que ele não pesa só como uma força que diz não, mas que de fato ele permeia, produz coisas, induz ao prazer, forma saber, produz discurso. Deve-se considerá-lo como uma rede produtiva que atravessa todo o corpo social muito mais do que uma instância negativa que tem por função reprimir.(…)(FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder, 1979: p.7-8)

Assista ao vídeo com parte do debate entre Michel Foucault e Noam Chomsky,sobre a natureza do poder, em: http://www.youtube.com/watch?v=kawGakdNoT0

__________________
Referências bibliográficas

FOUCAULT, Michel. I. Verdade e poder. In.: Microfíscia do poder. Trad. Roberto Machado. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1979. p.7-8.

Vídeo disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=kawGakdNoT0, 24/11/2008. 21:18

(*) Imagem Michel Foucault(1926-1984), disponível em: Espaço Michel Foucault em 24/11/2008. 21:56.

(*) Imagem de Noam Chomsky, disponível em: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/86/Noam_chomsky.jpg, em 25/11/2008 19:39hs.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: